Share
A estrutura possui vãos livres na modulação de 15m com lajes e vigas protendidas, com destaque para a marquise da entrada  onde se utilizou protensão na laje e na estrutura de sustentação desta laje.

Esta estrutura tem a geometria de um pilar (segmento de reta) acoplado com uma semicircunferência em seu topo (formato de uma bengala). O tensionamento ativo nas duas extremidades das 130 monocordoalhas não aderentes de 15mm utilizadas na “bengala”, foi feito em etapas, bem como a retirada do escoramento. Ambos acompanhados pela visada de um topógrafo que ao término dessas etapas verificou uma deformação de 2mm no ponto central de contato de laje com a “bengala”, ou seja, um quinto de um centímetro!
 

Voltar